Home / Notícias / CAMPANHA PROMOVE O RESGATE DO CULTIVO DA BATATA-DOCE PARA AUTOCONSUMO
CAMPANHA PROMOVE O RESGATE DO CULTIVO DA BATATA-DOCE PARA AUTOCONSUMO

CAMPANHA PROMOVE O RESGATE DO CULTIVO DA BATATA-DOCE PARA AUTOCONSUMO

Campanha promove o resgate do Cultivo da Batata-doce para autoconsumo_O Escritório Municipal da EMATER/RS-ASCAR de Boa Vista do Sul busca resgatar o cultivo de batata-doce pelas famílias, a partir da obtenção de mudas sadias e de qualidade produzidas pela Afubra, com tecnologia da Embrapa. As famílias podem encomendar as três cultivares bastante produtivas e com boa aceitação de consumo: Amélia, Rubissol e Cuia até o dia 13 de Julho, junto à EMATER/RS-ASCAR de Boa Vista do Sul.
O objetivo da Campanha de Mudas de Batata-doce é possibilitar a renovação de material genético que as famílias possuem, principalmente com relação a sanidade das plantas, visto que as mudas são isentas de pragas e doenças.
De acordo com a Extensionista Técnico Social Silvia Rejane Grassiani, o cultivo deste alimento é tradicional no município e o seu consumo traz diversos benefícios à saúde, por isso a importância de consumir.
O trio de novas cultivares tem a intenção de atender necessidades da ponta final do processo, os consumidores. Itens como sabor, cor e suculência estão presentes.
*A BRS Amélia salienta-se pela grande aceitação do consumidor devido ao sabor e à cor da polpa, um alaranjado intenso. Quando cozida, a textura é úmida e melada, macia e extremamente doce. A casca se solta com facilidade da polpa.
*A BRS Rubissol, tem como diferencial a coloração da casca em tonalidade púrpura e polpa levemente amarelada quando crua e com textura farinhenta após cozida ou assada. Possui excelentes características para consumo de mesa, mas também pode ser utilizada no processamento industrial. A produtividade é outro atrativo. A média é de 40 toneladas por hectares.

*Já a BRS Cuia tem coloração creme e pode chegar a até 60 toneladas por hectare. Ganha destaque na questão culinária devido ao tamanho relativamente grande das batatas. Também apresenta boa adequação ao processo industrial.

A Batata Doce é um carboidrato complexo de baixo índice glicêmico, o que significa que sua absorção é mais lenta, liberando glicose na corrente sanguínea aos poucos e sem estimular muito o hormônio chamado insulina (responsável pelo aumento da fome e pelo acúmulo de gorduras). Rica em fibras, ela também é fonte de ferro, vitamina C e potássio, além de apresentar alto teor de vitamina E, conter vitamina A e C.

Comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Ir para o topo